Tulio Lemos garante remanejamento no orçamento para resgatar dívida histórica com política social , mas…

ALemos, TLemos e o juiz  juiz da Infância da Comarca de Currais Novos, Marcus Vinícius Pereira Júnior

A omissão do poder público na cidade de Macau em relação às políticas públicas de garantia dos direitos da criança e do adolescente foi um dos assuntos que pautou audiência pública em comemoração aos 27 anos do Estatuto da Criança e da Adolescência-ECA, nesta quinta-feira, 13. Presente ao evento, estando à frente da prefeitura há apenas seis meses, o prefeito TLemos assegurou que vai buscar o apoio da Câmara Municipal para remanejar verbas do orçamento aprovado para o ano de 2017, contribuindo para o resgate dessa dívida histórica.

Mas 

Os assessores do prefeito TLemos esqueceram de mencionar que o juiz da Infância da Comarca de Currais Novos, Marcus Vinícius Pereira Júnior relatou olhando para o gestor salineiro que estava sabendo que uma cidade como Macau ” o seu conselho tutelar não possuir telefone, a secretaria de infra estrutura não possuir telefone”, na concepção do Juiz Marcus Vinicius tudo é uma grande engrenagem e precisa estar interligados com relevância social para que existia sintonia nas ações sócio-educacionais do município.

AP em Setembro

O juíz da Infância da Comarca de Currais Novos, Marcus Vinícius Pereira Júnior,  ainda  pediu para que esta discussão se estendesse até o legislativo salineiro, onde em setembro se discutiria e se fiscalizaria em Audiência Pública tudo que nesse primeiro momento ficou acertado.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *