Macau: prefeito apresenta uma folha extensa de motivos para reduzir salários, mas não inclui redução para secretários como o tio, o irmão, a esposa e apaniguados do IMAIS

Prefeito salineiro apresenta decreto com redução de salários de CC’s, exonerações e outras medidas que possam conter e enxugar a máquina pública municipal.

De acordo como o ponto de vista do prefeito TLemos e  Levando em conta o turbulento e imprevisível cenário econômico nacional com reações que ocasionaram frustração de arrecadação em recursos oriundos de transferências constitucionais, que representam parcela da receita prevista, fato este que vem ocasionando entre outros efeitos negativos para a gestão, a impossibilidade de equilíbrio entre a receita e as despesas públicas na Prefeitura de Macau, serão publicados ainda nesta quinta-feira, 21, três decretos assinados pelo prefeito Tulio Lemos que trazem medidas de contenção no custeio da máquina pública, inclusive com a redução de salários para cargos comissionados em várias faixas.

O decreto

Prevê cortes de salários em torno de 50% retroage seus efeitos a 1º de setembro, perdurando seus efeitos até 31 de dezembro de 2017, podendo ser prorrogado por conveniência da administração. Também serão publicados nesta quinta-feira, 21, cerca de 100 portarias de exonerações de servidores comissionados, atingindo todas as pastas da gestão municipal.

O detalhe

A “preocupação” apresentada pelo o prefeito TLemos não se estende para redução de salários dos seus familiares( secretários), apaniguados da capital que ocupam cargos no IMAIS( tipo CC1), nem procura extinguir os JETON’s de reuniões entre secretários e o gestor salineiro.

Mas

Atinge claramente os cargos dos vereadores, do legitimo macauense que acreditou na mudança que estava inserida no discurso de campanha do atual prefeito.

Veja como fica o seu salário:

 

 

 

Deputados aprovam à unanimidade pedido de empréstimo de R$ 698 milhões para Governo

O pedido de empréstimo de R$ 698 milhões do Governo do Estado à Caixa Econômica Federal foi autorizado pela Assembleia Legislativa. A votação aconteceu durante a sessão plenária desta quinta-feira (21). Os deputados aprovaram à unanimidade a mensagem 140/2017. Outra matéria também aprovada por todos os deputados foi a mensagem 137/2017, alterando a lei 9.626 de 2012, que previa obras exclusivamente para a Avenida Engenheiro Roberto Freire.

A alteração na lei irá permitir que os recursos da ordem de R$ 234,8 milhões possam ser aplicados em mobilidade urbana, saneamento básico e projetos de infraestrutura turística para os municípios de Natal, Macaíba, Parnamirim, Extremoz e São Gonçalo do Amarante. Uma dessas obras é a reforma e ampliação do Centro de Convenções de Natal.

Guamaré: Prefeito vai a Brasilia em busca de SOCORRO para crise hídrica, mas não justificou até agora R$ 1 milhão pago para construção de adutora na sua cidade que nunca chegou

Dep Walter Alves e o Prefeito Helio Miranda

Quem não conhece Guamaré deve entender que a cidade anda com o pires na mão, mas não é assim que se comporta o prefeito Helio Miranda. Mesmo o prefeito tendo viajado com comitiva para buscar recursos federais para crise hídrica que assola a região, o prefeito ainda não deu explicação a sua população sobre pagamento de R$ 1 milhão de reais, em 2016, para construção de uma adutora que tinha o propósito de evitar essa crise que a cidade passa pelo atual momento.

Então

Mesmo sem estas explicações a sua gente, o prefeito Helio Miranda vai a Brasilia e ainda diz que: ” Ouvimos aqui do ministro Helder Barbalho que vencidas as etapas da burocracia em um prazo médio de 60 dias, os municípios atingidos com o colapso, a exemplo de Guamaré terão uma resposta que vai solucionar definitivamente o problema da falta de água”.

O engraçado

O prefeito Helio  fala do clamor social por água potável, mas não justifica para onde foi enviado a bagatela de R$ 1 milhão de reais para construção de adutora na sua cidade. Adutora que ate agora não chegou para matar a sede dos cidadãos guamareenses.

Essa postura do prefeito Helio Miranda é um acinte ao interesse público e coletivo de sua comunidade. Pois é inaceitável uma cidade com 13 mil habitantes – tendo recebido mais de R$ 200 milhões nesses 09 meses de 2017– esteja passando por uma crise hídrica dessa magnitude. Se isso está acontecendo é por falta de gestão e de uma grande fiscalização diante de tanta receita.

Greve dos Correios já se estende em 20 estados da federação

Trabalhadores dos Correios de todo o País entraram em greve a partir das 22 horas da terça-feira, 19. Dos 31 sindicatos filiados à Federação Nacional dos Trabalhadores em Empresas de Correios e Telégrafos e Similares (Fentect), apenas três ainda não fizeram assembleias: Acre, Rondônia e Roraima.

Dos afiliados, já aderiram ao movimento Alagoas, Amapá, Amazonas, Bahia, Distrito Federal, São Paulo (Campinas, Ribeirão Preto, São José do Rio Preto, Vale do Paraíba e Santos), Ceará, Espírito Santo, Goiás, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Minas Gerais (Juiz de Fora e Uberaba), Pará, Paraíba, Paraná, Pernambuco, Piauí, Rio Grande do Norte, Rio Grande do Sul (Santa Maria), Sergipe e Santa Catarina.

Obrigatoriedade do ensino religioso em Macau causa polêmica e questionamentos sociais

Recentemente as mídias salineiras foram tomadas pela discussão do polêmico  Projeto de Lei do atuante e envolvente Ver Emanuel Clelio, Kekel, que ‘entendia-se’ obrigar a prática do ensino religioso CRISTÃO nas escolas públicas e particulares da terrinha. O projeto após inúmeras discussões foi vetado, como vocês podem ver:

 

 

Agora

A pergunta que ficou foi: Qual o posicionamento oficial do PT, sobre parecer FAVORÁVEL do vereador do PTista ao projeto?

Crise Hídrica: Ação dos gestores da região salineira servirá apenas para o discurso dos parlamentares em 2018 em cada município

Gestores da região salineira em reunião com Ministro e deputados

O semblante era de otimismo do prefeito de Macau Tulio Lemos, assim que deixou o gabinete do Ministro da Integração Nacional Helder Barbalho, na Esplanada dos Ministérios, no final da manhã desta terça-feira, 20, em Brasília.

“Estamos satisfeitos com a reunião, onde tivemos o peso político com a presença do governador Robinson Faria e da bancada federal. Ficou claro aqui que o pleito da adutora Afonso Bezerra-Pendências é um projeto tecnicamente viável que vai resolver uma situação de calamidade e de desespero de quem sofre com a falta de água”, destacou Lemos.

Mas

O vice-prefeito Rodrigo Aladim disse em vídeo produzido por agentes do governo, que : ” Até Dezembro teremos noticias boas para toda região.”

Quer dizer

Essa viagem dos gestores só vai servir para discurso de campanha em 2018 – porque pelo discurso de um e de outro gestor –  as soluções imediatas que são necessárias não acontecerão. Servirão – como já disse – para o discurso futuro na busca do voto.

Os prefeitos e os deputados que os receberam sabem disso, pois diante de tamanha crise financeira não se acha R$ 66 milhões de imediato no cenário federal.

Ação dos gestores da região salineira servirá apenas para o discurso dos parlamentares em 2018 em cada município, alguém tem dúvidas disso?

Expectativa: Até agora nada do LISTÃO dos demitidos na cidade de Macau

Após o buxixo sobre demissões tomar conta de todas as  rodas de bate papos da terrinha, até a manha de hoje o diário oficial do município não disponibilizava o LISTÃO dos demitidos.

A lista é aguardada com muito expectativa pelos eleitores do prefeito TLemos, haja visto que todos se perguntam qual foi o critério que o prefeito usou para escolher seu fiéis apaniguados.

 

Fiscalização no posto de saúde de Barreiras deixa gerente distrital ‘doidim’

Quando se imagina que vimos de tudo na área de saúde pública do governo TLemos, aparece mais essas:

Sem falar que o discurso de campanha do prefeito retrava que Macau teria uma saúde de primeiro Mundo. mas não é isso que acontece como vocês podem ver a denuncia da comunidade de Barreiras

 

Ex-Governadora critica ‘desmanche’ da central do cidadão do Alto do Rodrigues

Central do Cidadão sendo inaugurada em 2014

Enquanto o governo do estado apresenta a imagem de bom moço na distribuição e valorização da central do cidadão em vários recantos do estado, esquece de justificar a retirada da instituição da cidade do Alto do Rodrigues.

Fato registrado e questionado pela ex-governador do estado Rosalba Ciarline, quando disse que: “A Central do Cidadão era  essencial importância para o município.”

 

EM de Baixa do Meio dá exemplo de gestão oferecendo cidadania e desenvolvimento cultural aos seus estudantes

Mesmo com os vários problemas que existe ao gerir uma instituição escolar, a diretora da EM Escola Maria Madalena da Silva, do Distrito de Baixa do Meio – Guamaré/RN, vem se esforçando para envolver a classe estudantil de sua comunidade em projetos que tragam conhecimento cultural, desenvoltura pessoal e reconhecimento sócio/educacional como um todo.

Baseado nisso

Alunos e professores

No dia 13 de Setembro 2017 na Cidade de Mossoró no Teatro Municipal Dix – Huit Rosado, ocorreu o XII Festival de Teatro da Universidade do Estado do Rio Grande do Norte – FESTUERN que existe desde 2003, promovido pela Pró-Reitoria de Extensão da UERN onde foi oficializado como Programa Interdisciplinar de Teatro Escolar.

A peça

O evento contou com a presença do grupo de Teatro da Escola Maria Madalena da Silva do Distrito de Baixa do Meio – Guamaré/RN, participando do festival com a Peça TELMA E O MAR – do autor Allan Phyllipe Gomes Casemiro de Araújo. Contando com o apoio da Secretaria Municipal de Guamaré junto com a Secretaria de Educação da Senhora Secretária Cinthya Katterinny do Carmo Miranda.

Destaque

Os alunos envolvidos na peça obtiveram infinitos aplausos pela Brilhante apresentação, onde se foi mostrado à união dos discentes, respeito um pelo outro, e a entrega ao Espetáculo.

Conclusão 

A Diretora da Escola Municipal Professora Maria Madalena da Silva, a Senhora Maria das Dores da Fonseca – consciente do seu papel enquanto educadora – exalta a responsabilidade destes  jovens e agradece a todos os envolvidos; Equipe de Apoio, Prefeitura Municipal de Guamaré e a Secretaria de Educação, pelo apoio e incentivo às manifestações artístico-culturais por essa instituição de ensino.

 

Câmara recua e aprova em segundo turno fim das coligações partidárias em 2020

O plenário da Câmara aprovou na noite desta quarta-feira, 20, o fim das coligações para as eleições de deputados e vereadores a partir de 2020 e a regra que estabelece uma cláusula de barreira para que legendas tenham acesso ao Fundo Partidário e tempo de rádio e TV. O texto inicial, relatado pela deputada Shéridan (PSDB-RR), previa o fim das coligações em 2018.

O texto-base da Proposta de Emenda à Constituição (PEC) que trata desses temas também foi aprovado em segundo turno, mas os deputados deixaram os destaques para a próxima terça-feira, 26. Somente depois disso a PEC poderá ser encaminhada ao Senado, onde também terá de passar por duas votações em plenário. Para ter validade já nas eleições do próximo ano, a proposta tem de ser promulgada pelo Congresso até 7 de outubro.

Pelo texto aprovado, no lugar das coligações, os partidos poderão se juntar em federações a partir de 2020. A diferença para o sistema atual é que as federações não podem se desfazer durante o mandato, isto é, as legendas terão de atuar juntas como um bloco parlamentar na legislatura.

Estadão

Prefeito TLemos viaja e deixa a missão para 1ª dama comunicar aos funcionários 150 demissões

Prefeito TLemos viaja e deixa missão espinhosa para esposa informar aos 150 cargos comissionados do municipio que serão demitidos.

Segundo informação colhida por esse blogueiro, o dia de ontem(20) foi de telefonemas para todas as secretarias, objetivo; passar o listão daqueles que estarão fora da gestão TLemos.

Página 1 de 563